No Mundo dos compostos orgânicos

Hidrocarbonetos alifáticos

Alcanos

Nome

Fórmula de estrutura condensada

Fórmula molecular

Metano

CH4

CH4

Etano

CH3 – CH3

C2H6

Propano

CH3 – CH2 – CH3

C3H8

Butano

CH3 – CH2 – CH2 – CH3

C4H10

Pentano

CH3 – CH2 – CH2 – CH2 – CH3

C5H12

Hexano

CH3 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH3

C6H14

Heptano

CH3 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH3

C7H16

Octano

CH3 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH3

C8H18

Nonano

CH3 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH3

C9H20

Decano

CH3 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH3

C10H22

Fórmula geral dos alcanos – CnH2n+2

Alcenos

Nome

Fórmula de estrutura condensada

Fórmula molecular

eteno

CH2 = CH2

C2H4

propeno

CH2 = CH – CH3

C3H6

1-buteno

CH2 = CH – CH2 – CH3

C4H8

1-penteno

CH2 = CH – CH2 – CH2 – CH3

C5H10

2-penteno

CH3 – CH = CH – CH2 – CH3

C5H10

2-hepteno

CH3 – CH = CH – CH2 – CH2 – CH2 – CH3

C7H14

3-hepteno

CH3 – CH2 – CH2 – CH = CH – CH2 – CH3

C7H14

Fórmula geral dos alcenos – CnH2n

Alcinos

Nome

Fórmula de estrutura condensada

Fórmula molecular

etino

CH º CH

C2H2

propino

CH º C – CH3

C3H4

1-butino

CH º C – CH2 – CH3

C4H6

1-pentino

CH º C – CH2 – CH2 – CH3

C5H8

2-pentino

CH3 – C º C – CH2 – CH3

C5H8

2-heptino

CH3 – C º C – CH2 – CH2 – CH2 – CH3

C7H12

3-heptino

CH3 – CH2 – CH2 – C º C – CH2 – CH3

C7H12

Fórmula geral dos alcinos – CnH2n-2

Hidrocarbonetos cíclicos

Os cicloalcanos são hidrocarbonetos cíclicos que apresentam apenas ligações simples. O nome dos cicloalcanos é semelhante ao dos alcanos, apenas se antepõe ao nome do alcano o prefixo ciclo.

Nome

Fórmula de estrutura condensada

Fórmula molecular

 

ciclopropano

ciclopropano.jpg (14567 bytes)

 

C3H6

 

ciclobutano

ciclobutano.jpg (14411 bytes)

 

C4H8

 

etilciclopropano

etilciclopropano.jpg (12161 bytes)

 

C5H10

 

metilciclobutano

metilciclobutano.jpg (11164 bytes)

 

C5H10

 

1,2-dimetilciclopropano

12dimetilciclopropano.jpg (13715 bytes)

 

C5H10

 

ciclopentano

ciclopentano.jpg (19744 bytes)

 

C5H10

Fórmula geral dos cicloalcanos – CnH2n ( que não incluam radicais )

Derivados halogenados

Os derivados halogenados são compostos derivados dos hidrocarbonetos por substituição de átomos de hidrogénio por átomos de halogéneos.

Os halogéneos que substituem os átomos de hidrogénio indicam-se por ordem alfabética.

Nome

Fórmula de estrutura condensada

Fórmula molecular

1-cloro-butano

CH2 – CH2 – CH2 – CH3

C4H9

2-bromo-1-cloro-pentano

CH2 – CH – CH2 – CH2 – CH3

C5H10

4-flúor-2-pentino

CH3 – C º C – CH – CH3

C5H7

2-cloro-1-propeno

CH2 = C – CH3

C3H5

Reacções características dos hidrocarbonetos

Reacções características dos alcanos

Reacções de substituição – consistem na substituição de átomos de hidrogénio por halogéneos ( halogenação ) ou outros radicais.

Reacções de combustão – os alcanos originam dióxido de carbono e vapor de água.

Reacções características dos alcenos

Reacções de adição – sempre que um composto apresenta ligações múltiplas, duplas ou triplas, é possível adicionar-lhe outras moléculas, originando produtos de adição menos insaturados, sendo, destas reacções, as mais importantes as de hidrogenação, halogenação e hidratação.

Hidrogenação

Halogenação

Hidratação

Reacções de combustão – os alcenos, por combustão, originam dióxido de carbono e vapor de água.

Reacções de polimerização – consistem na união de moléculas iguais, por reacções sucessivas de adição às ligações duplas, originando moléculas mais extensas, polímeros.

Reacções características dos alcinos

Os alcinos, menos reactivos que os alcenos, apresentam também reacções de adição, devido à ligação tripla, de combustão e de polimerização.